Avançar para o conteúdo

Como: Modo Windows XP em… Ubuntu Linux?

    1651192143

    Introdução

    Com o lançamento do Windows 7 no final deste mês, muitos de vocês sem dúvida estão contando os dias até o lançamento. Joguei tanto com o beta quanto com o RC do último sistema operacional da Microsoft e, honestamente, gostei do que vi. Se isso tivesse saído em 2006, quando o ‘Longhorn’ foi prometido, não tenho dúvidas de que não teria mudado para o Linux (pelo menos ainda não).

    No entanto, não foi assim que os eventos aconteceram. O que realmente aconteceu foi que o ‘Longhorn’ se tornou o Vista, e não saiu pela porta até 2007. Chegou atrasado, cheio de bugs, irritante (UAC), superfaturado, abaixo do esperado, confuso (licenciamento) e, em alguns casos, incompatível. Agora, quase três anos depois, e quase cinco desde o lançamento inicialmente planejado de Longhorn, a Microsoft está lançando o sistema operacional que deveria ter lançado há vários anos. Infelizmente, o Windows 7 também é caro (um pouco menos que o Vista) e ainda mais confuso.

    Mas primeiro, vamos ver o que a Microsoft fez certo. O Windows 7 será lançado quando a empresa disse que será lançado. Por causa de uma longa fase de testes beta e RC, o 7 não será tão cheio de bugs quanto o Vista era quando foi lançado. A Microsoft reduziu o UAC um pouco. Também baixou um pouco o preço. A edição mais alta de 7 (Ultimate) é cinquenta por cento mais cara que a edição mais alta do XP (Pro). Isso se opõe a 100% mais caro (Vista Ultimate versus XP Pro). Mas é justo, o preço caiu um pouco.

    Desagradável, 7 não é. Em termos de interface de usuário, o Vista era praticamente XP com um menu Iniciar reorganizado e uma barra de tarefas preta. O Flip 3D era basicamente nada mais do que um truque instável (embora as visualizações em miniatura das janelas na barra de tarefas sejam bem legais; o Windows 7 as manteve e eu as uso no Linux). O Windows 7 realmente é bem-sucedido em termos de ser uma visão unificada que presta homenagem à marca. Tudo é feito de vidro em 7. A Vista iniciou essa tendência com as bordas das janelas de vidro transparente e a textura de falso-reflexo sobreposta. Mas o 7 realmente leva o uso de vidro transparente e reflexos ao extremo. As bordas das janelas, menus, alguns aplicativos e até a barra de tarefas e o menu Iniciar são todos feitos de vidro. Novos truques incluem a capacidade de tornar todas as janelas transparentes para ver a área de trabalho. Como um pacote completo,

    Por fim, ficamos com a forma como a Microsoft descobriu como resolver seus problemas de compatibilidade com versões anteriores.

    Com a introdução do XP Mode (XPM), o Windows 7 não será vítima do pesadelo de incompatibilidades sofrido pelos primeiros usuários do Vista. O XPM é uma cópia totalmente licenciada do Windows XP Service Pack 3 em execução em uma máquina virtual (VM) VirtualPC. Em muitos casos, o XPM é o fator decisivo que os holdouts precisavam para finalmente atualizar. Infelizmente, a confusão criada pelo esquema de licenciamento do Windows 7 praticamente arruinou sua correção de compatibilidade.

    O XPM está incluído apenas no Windows 7 Professional e Ultimate. Se você quiser uma cópia de varejo completa do Windows 7 com XPM, terá que desembolsar mais de US$ 300 para o Professional ou US$ 320 para o Ultimate. Se você já possui uma cópia do Windows XP ou Vista, pode pagar US$ 200 pela atualização para o Professional ou US$ 220 pelo Ultimate. Deixe isso afundar por um minuto.

    Isso mesmo, o Windows 7 Home Premium (e abaixo) não possui XPM. A maioria dos sistemas vendidos por varejistas vem com uma versão do Windows completamente sem XPM. Espere, fica melhor. Graças ao engenhoso Windows Anytime Upgrade da Microsoft, os consumidores que compraram um novo PC com o Windows 7 Home Premium podem atualizar para o Professional por US$ 90 ou para o Ultimate por US$ 140. Se você vendeu a edição Home Basic ou Starter, primeiro terá que atualizar para o Home Premium por US$ 80. Como eu disse, ‘engenhoso’. De uma forma ou de outra, você provavelmente terá que pagar algum dinheiro à Microsoft se quiser XPM…

    …ou não. Se você está aberto a usar o Linux, você também pode ter um sistema operacional de última geração rápido e seguro com compatibilidade total com o XP, tudo de graça!

    0 0 votes
    Rating post
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 comments
    Inline Feedbacks
    View all comments
    0
    Would love your thoughts, please comment.x